Buscar
  • Lantau Brasil

Made in China 2025 cada vez mais próximo



Já comentamos em outro artigo sobre o “Made in China 2025”. Esse plano tem como objetivo aumentar a relevância chinesa no cenário global tecnológico. Hoje, vamos abordar três assuntos que estão diretamente relacionados a essa meta.


Fabricante chinesa de chips têm crescimento de 200% em suas ações


SMIC, maior fabricante chinesa de chips, listada na bolsa de Hong Kong teve aumento de 200% no valor de suas ações em 2020. A fabricante de chips é vista como essencial para a concretização do plano chinês de ser auto suficiente em produção de chips de alta tecnologia. A SMIC vai usar o dinheiro da nova emissão (aproximadamente 6.6 bi de dólares) para se aproximar das concorrentes TSMC e Samsung.


As disputas comerciais com os americanos e a crescente dificuldade na compra de chips americanos por chineses, abrem espaço para que a SMIC atenda uma demanda latente. Além disso, o governo central chinês vê a empresa como um dos pilares do plano “Made in China 2025”. E espera que a China consiga produzir 70% dos chips consumidos no mercado interno até 2025. Ou seja, existe grande expectativa para empresa no médio/longo prazo.


Vale destacar também que a empresa faz parte do comitê tecnológico chinês, junto com gigantes como Alibaba e Tencent. Esse comitê trabalha junto com o governo para promover mudanças em larga escala e acelerar a adoção de novas tecnologias.


Guizhou projeta crescimento de 10% da economia digital para 2020

A província de Guizhou definiu metas ousadas para sua economia digital em 2020. É esperado que o setor cresça pelo menos 10% esse ano. Vale destacar que a região é a primeira região china a adotar o Big Data de maneira extensiva.


A província tem uma meta de investimento de 12 bilhões de yuan (1.7 bilhão de dólares) em infraestrutura e 9.2 bilhões de yuan em projetos estratégicos em 2020. A expectativa é que o total de empresas de tecnologia na região chegue a algo próximo de 40.000 até o final do ano.


Guizhou tem acelerado os esforços de implementação de novas plataformas tecnológicas em indústrias tradicionais, como por exemplo: químicos, carvão, bebidas alcoólicas.

Beijing revela plano para promover implementação de Blockchain


A cidade revelou um plano que deve acelerar a implementação da tecnologia de blockchain, integrando a transação de dados as operações da cidade. O plano denominado “Beijing Blockchain Innovation Development Action Plan 2020-2022”, objetiva tornar a cidade em um polo de desenvolvimento da tecnologia, sua aplicação na indústria e de geração de talentos.


O plano divide-se em quatro etapas principais, com vinte objetivos que devem ser atingidos. Estão inclusos criação de plataformas para desenvolvimento tanto de tecnologia quanto de teorias acerca do assunto, construção cenários de aplicações em diversos campos e um time focado desenvolvimento de talentos nessa área.



#china #chinabusiness #chinanews #chinamarket #chinesemarket #madinchina2025 #tradewar



Referências


https://www.cnbc.com/2020/07/07/smic-china-chipmaker-6point6-billion-share-sale-begins.html


http://global.chinadaily.com.cn/a/202007/07/WS5f041d21a310834817257c64.html


http://global.chinadaily.com.cn/a/202007/07/WS5f0427c2a310834817257ca8.html



13 visualizações
logo -01.png

Jianguo East Road, 343, B Tower, 18th floor, Huangpu District, Shanghai, China

Avenida Paulista, 2518 - Bela Vista, São Paulo - SP, Brasil

contato@lantau.com.br

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram
  • Twitter

© 2023 por Lantau Business Answers