top of page
Buscar
  • Lantau

Perfil China - Chongqing 重庆

Atualizado: 31 de jul. de 2023


Cidade Chongqing. Fonte: Wikipedia

Esse mês, a série Perfil China te levará para o centro da China e a municipalidade de Chongqing, uma das quatro do país e a maior cidade do mundo em termos territoriais.



Dados gerais

Chongqing é uma das quatro municipalidades da China, junto com Shanghai 上海, Beijing 北京 e Tianjin 天津, o que significa que a cidade não pertence a nenhuma província e responde diretamente ao governo central na capital, além de ser um dos principais parques industriais modernizados do país, o centro financeiro do centro da China e um hub de transporte chave para a Iniciativa do Cinturão e Rota (na sigla BRI Belt and Road Initiative em inglês).

A cidade pode ser considerada tecnicamente a maior do mundo em termos do tamanho de seu território, com uma área semelhante ao território da Áustria, mas não possui a maior área urbana.

Com uma população de mais de 30 milhões de habitantes, Chongqing foi considerada uma das 13 cidades chinesas emergentes em um relatório da Economist Intelligence Unit, possuindo um dos 50 aeroportos mais movimentados do mundo e mais de 10 consulados estrangeiros.


História

A localização de Chongqing está associada com o Reino de Ba, conquistado pela Dinastia Qin 秦朝 em 316 a.C., época em que a cidade era conhecido como Jiangzhou 江州, nome que sofreu várias mudanças, com destaque para Yuzhou 渝州, adotado em 581 durante a Dinastia Sui 隋朝 (581-618), o que deu origem à abreviação do nome Chongqing, Yu 渝, usada até os dias atuais.

A cidade foi palco de uma série de rebeliões de curta duração até sua conquista pelos Manchus (povo originário do nordeste da Ásia e que deu origem ao nome Manchúria, já mencionado no nosso artigo sobre a província de Jilin 吉林), durante a Dinastia Qing (1636-1912), e sob seu governo, uma série de políticas para incentivo à migração para Chongqing e Sichuan 四川 foram adotadas.

Em 1890 foi aberto o Consulado Britânico na cidade e a subsequente abertura do porto para o comércio estrangeiro, o primeiro localizado no interior do país.

Já durante a Segunda Guerra Mundial (1937-1945), Chongqing se tornou a capital provisória do governo nacionalista de Chiang Kai-Shek (1887-1975), depois de sua retirada da capital anterior, Wuhan 武汉. Essa elevação ao status de capital atraiu uma série de instituições do governo para a cidade, como universidades e indústrias, transformando e desenvolvendo a economia local.

O status de municipalidade e a consequente separação de Sichuan só foi atingido em 1997, com a fusão de Chongqing e das prefeituras de Fuling, Wanxian e Qianjiang.

Chongqing. Fonte: Wikipedia.

Economia

Em 2021, a economia de Chongqing era de $439 bilhões de USD, comparável a economia da Nigéria, maior da África. Mesmo ainda mostrando um desempenho inferior às economias das quatro grandes (Shanghai, Beijing, Guangzhou 广州 e Shenzhen 深圳), o governo tem adotado uma série de medidas para acelerar o avanço da cidade, fazendo de Chongqing uma das bases dos esforços para desenvolvimento do oeste do país.

Devido às dificuldades de acesso impostas pela geografia montanhosa da região, Chongqing e Sichuan foram historicamente bases importantes para pesquisa e desenvolvimento na área militar, mas essas barreiras geográficas também dificultaram o escoamento da produção local aos portos do litoral, reduzindo a participação das exportações na economia da cidade e direcionando as indústrias de Chongqing a concentrarem seus esforços no mercado consumidor doméstico, com destaque para as seguintes áreas:

  • Alimentos processados;

  • Automóveis (3ª maior produtora de carros e 1ª de motocicletas);

  • Químicos;

  • Têxtil;

  • Maquinário;

  • Equipamentos esportivos;

  • Eletrônicos.

Fonte: Wikipedia.

Chongqing também possui abundantes recursos naturais como depósitos de carvão, gás natural e mais de 40 tipos de minerais como o Estrônico e o Manganês.

Com o intuito de fortalecer a economia em tecnologias mais avançadas, o governo local tem adotado uma série de medidas e feito diversos investimentos em infraestrutura, reduzindo os custos de transporte e atraindo investimentos estrangeiros. Empresas como Ford, Mazda, HSBC, Citibank, Walmart e Carrefour já operam na cidade.

Por fim, podemos concluir que uma geografia complicada e uma localização desprivilegiada não impediram Chongqing de desenvolver e diversificar sua economia, tornando-se um promissor centro de negócios para aqueles operando no centro e oeste da China.


363 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page