top of page
Buscar
  • Lantau

Perfil China - Hainan 海南

Atualizado: 10 de ago. de 2023




No segundo artigo da série “Perfil China”, vamos falar de Hainan, a província/ilha do sul da China conhecida por ser o paraíso tropical do país.


Dados gerais

A palavra “Hainan” em chinês pode ser traduzida para Sul do Mar, devido à sua localização geográfica e a ilha é a menor divisão administrativa da China. Com uma população formada por 18% de minorias étnicas e 82% por chineses Han, Hainan possui 10 cidades e 10 condados administrados separadamente. Dessas 10 cidades vale destacar Haikou 海口 (a capital da província no seu litoral norte) e Sanya 三亚 (o resort turístico no litoral sul que atrai milhares de turistas todos os anos e que teve um boom durante a pandemia pela impossibilidade dos chineses viajarem para fora do país durante três anos).

Hainan tem um dos menores PIBs do país, atingindo $100,39 bilhões em 2021, segundo dados oficiais do Governo Chinês, e um PIB per capita de $9.958 (31º e 25º respectivamente na colocação das regiões administrativas do país), entretanto, apresenta taxas de crescimento acima da média nacional, com uma expansão de 11,2% na economia em 2021.

Fonte Wikipedia

Histórico

Durante a era Mesozóica a ilha era conectada fisicamente ao que hoje é o Vietnã. A separação ocorreu após uma enorme erupção vulcânica. Em termos de ocupação, o povo Baiyue tem registros de chegada no local que datam de 2000-6000 anos atrás.

O território foi anexado pela China Imperial em 110 d.C, quando a Dinastia Han estabeleceu uma base militar no local. A partir desse ponto, Hainan passou a ser usada como uma espécie de “prisão a céu aberto”, local de exílio de criminosos, e era administrada pela província de Guangdong 广东.

Essa situação perdurou até 1921, ano em que a ilha foi designada como Região Administrativa Especial (SAR na sigla em inglês), embora o status de SAR só tenha sido obtido em 1944, e durante as décadas de 20 e 30, a região enfrentou altos índices de criminalidade e corrupção (fruto dos criminosos aqui exilados desde a Dinastia Han). No fim da década de 30, assim como em outros países e regiões, Hainan foi invadida pelos japoneses, que sofreram forte resistência dos comunistas e povos locais que lutavam uma guerra de guerrilha contra os invasores. O resultado foi uma retaliação japonesa que massacrou dezenas de vilarejos e povoados locais.

Com o fim da Segunda Guerra em 1945, o KMT recuperou o controle da ilha, o que durou até 1 de Outubro de 1950, quando os comunistas (vencedores da guerra civil um ano antes), assumiram o controle e Hainan voltou a ser parte de Guangdong.

Já na década de 80, o então administrador da região Lei Yu executou uma estratégia para arrecadação de recursos: o governo de Hainan trouxe de Hong Kong centenas de milhares de veículos e eletrônicos (isentos de impostos de importação) e os reexportou para outras regiões da China, atingindo lucros de até 150%. Os recursos obtidos foram investidos na rede de transportes e infraestrutura da ilha, que atingiu status de província em 1988.

Fonte: Wikipedia

Economia

Por conta da crônica falta de recursos que Hainan sempre enfrentou, as autoridades locais têm um histórico de adotarem soluções out of the box para contornar o problema (vide o exemplo acima), adotando políticas econômicas mais flexíveis quando comparadas com outras regiões da China.

Em junho de 2020 foi anunciado um novo plano para Hainan se tornar a maior FTZ (free-trade zone) da China (e possivelmente do mundo) até 2025, atingindo sua “maturidade” até 2035. O plano foi criticado por muitos especialistas e veículos de comunicação como sendo uma retaliação à Hong Kong e uma tentativa de substituir a cidade como entreposto comercial, algo negado pelas autoridades.

Independente da motivação política, a ilha terá inúmeras oportunidades no futuro para os que souberem aproveitar.

Hoje, a economia de Hainan é predominantemente agrícola, ainda com poucos sinais de industrialização (exceção da área de mineração, com indústrias voltadas para processamento dos recursos que própria ilha produz como borracha e minério de ferro). Outro setor forte é o setor de turismo, com cidades como Sanya famosas pelas praias e natureza exuberante.

https://studycli.org/travel-china/hainan-travel-guide/
Fonte: studycli.org

Sempre que falamos do assunto “China”, ou fazemos previsões sobre a direção para qual o país deve seguir, precisamos analisar as ações tomadas pelo governo, e, nesse caso, é inegável a atenção que tem sido dada a Hainan e o seu desenvolvimento. Portanto, para os que estão procurando uma porta de entrada para o mercado chinês, essa província/ilha no sul do país pode ser sua resposta.

79 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page